29 de março de 2007

O QUE É REALIDADE? - REESCRITA

Existem três tipos de realidade diferentes, mas que estão interligadas. Como um conjunto com um subconjunto que, por sua vez, tem também um subconjunto. O primeiro desses conjuntos é a Realidade Natural

A realidade natural existe independentemente do homem, é realidade a existência dos dinossauros, do sol ou das estrelas anterior, independente e, provavelmente, no caso das estrelas, posteriormente à realidade da existência do homem. Essa realidade é objetiva, genérica, universal. Obedece a leis lógicas, matemáticas.

O segundo conjunto é o conjunto da realidade humana.

A realidade humana é subjetiva porque é a apreensão da realidade natural através dos nossos sentidos, e nossos sentidos são limitados e não são confiáveis. Apreendemos parte da realidade natural e temos um certo controle sobre ela, o controle só é possível, portanto, quando se trata de fenômenos objetivos, como apagar e acender uma lâmpada, fechar ou abrir uma janela. Esse controle não é possível quando se tratar de fenômenos subjetivos, por exemplo, não temos controle sobre a mente do outro e, embora convivamos décadas com uma pessoa, não teremos nenhum controle ou conhecimento verdadeiro daquela pessoa, ou às vezes de nós mesmos e de nossos sentimentos, porque são realidades subjetivas.

Realidade humana é diferente da realidade, por exemplo, de um cachorro. A constituição de cidades, política, leis, etc. fazem parte da realidade humana.

Dentro dessa realidade está outra ainda mais subjetiva, a realidade individual. Os sentidos são diferentes de pessoa para pessoa. A realidade humana é aquilo que é apreendido pelos nossos sentidos, cada um apreende de forma diferente, interpreta de forma diferente o que seus sentidos captam, portanto, cada um tem uma realidade diferente, diferente da realidade comum mas ao mesmo tempo consciente dela.

A realidade é constituída pela consciência humana, a consciência produz idéias a partir dessa realidade apreendida pelos sentidos, essas idéias têm, então uma carga simbólica. Apesar dessa carga simbólica, dessa subjetividade, a realidade é algo com sentido, porque tem como base a realidade natural, que é objetiva e lógica. Portanto, embora seja subjetiva, a realidade humana, individual ou não, não pode desobedecer a princípios objetivos

Os animais em geral apreendem a realidade natural através dos sentidos e com base nessas informações, como o cheiro, por exemplo, eles agem. Cada apreensão desencadeia uma ação pré-programada, isto é o que chamamos de intuição, instinto. Somos os únicos animais que criam uma outra forma de linguagem não intuitiva. Ao mesmo tempo que a natureza nos dá os padrões, — os princípios objetivos da natureza estão em nós, estão em nossa intuição — apesar disso e juntamente com isso, queremos criar nossos próprios padrões. Isso faz com que tentemos sempre transformar a realidade, conhecer e manipular a realidade natural, isso faz com que sejamos os únicos animais a transformar a natureza, a ter injustiça.

A consciência produz idéias e essas idéias são processadas em seis níveis:

Senso comum

Mítico

Religioso

Ideológico

Científico

Filosófico

O senso comum, embora seja o mais simples e superficial dos níveis de processamento de idéias é necessário para a socialização do homem, é o senso comum que permite ao homem pertencer a um grupo e ser aceito pelos outros. Embora necessário, o senso comum pode ser prejudicial ao indivíduo na medida em que, se não houver aprofundamento de nível, se o homem se mantiver nesse nível superficial, ele se torna manipulável e controlável. A manipulação do outro através do senso comum é o que se chama de ideologia.

Divina de Jesus Scarpim

2 comentários:

Salvação disse...

concordo com vc sobre a realidade como forma subjetiva, talvez há muitos que associam a realidade as verdades religiosas, mas mesma a religão só criou novas e infinitas pespectivas no tempo/espaço até que se esgote a capacidade criacionista dos seres o que acho imposivel.

Fernando Henrique disse...

Único local que superou minhas expectativas sobre uma reposta para: o que é realidade?